• блоги
  • игры на деньги
  • азартные игры
  • ещё
      • Закладки
        • Нет закладок.
    • Настройка поиска
      euro-casino: поиск
      Яндекс: поиск
      Google: поиск
      ...
  • Блогеры
    записей в блоге: 9
    рейтинг блога: 10
    блог читают: 1
    записей в блоге: 1
    рейтинг блога: 5
    блог читают: 1
    записей в блоге: 4
    рейтинг блога: 8
    блог читают: 1
    записей в блоге: 5
    рейтинг блога: 9
    блог читают: 2
  • Топ игры
    Играете на деньги?
    • amcphotooftheday
    Обновлён: 25.11.2017
    Записей: 4
    Блог читают 1см.всех
    блог создан: 08.11.2017
    • ***

      Isso porque, é sabido que o mercado da América do Sul é muito atraente para a indústria do jogo e que, nesse contexto, o Brasil, tanto pela sua população quanto pelo número de jogadores ativos, é peça chave nesse emergente mercado. No entanto, ao que tudo indica, a Argentina deverá tomar Argentina e o poker online

    • ***

      But, back for his latest achievment, this week he just got a curious mark. He just won 2 days in a row the 22 + rebuys tournament on Poker Stars tables.(his fans, who will share part of this profit, say thanks!) This happened on Tuesday and Wednesday and, believe it or not, on Thursday, in the same tournament, Akkari almost got another final table in the same event but this time he was knocked out in 11º after losing with AK to A9off when the opponent hit a flush. His style, the greatest results, and the quick move up of his career along with a unique charisma just turned the guy from Tatuapé(his neighborhood in São Paulo) into a celebrity but not like the regular famous poker players since he seems the same guy who used to play alAndré Akkarirolimits few y

    • ***

      Outro ponto importante é que me tornei muito bom na arte de evitar que os resultados alterem meu comportamento. Obviamente, eu quero e gosto dos bons resultados em torneios mas, enquanto eu acreditar que fiz o meu melhor, jogando o meu melhor jogo, fico feliz independentemente dos resultados. Estou num ponto em que consigo administrar muito bem ser eliminado numa "bad beat" ou não receber quaisquer cartas decentes; o que não consigo tolerar é cometer erros e ser eliminado por causa deles. Acredito que tenho jogado o meu melhor poker nas últimas 4 semanas e ainda tenho algumas semanas a mais. Fui contemplado com 2 mesas finais e 5 ITM em jogos diferentes. Então, qual a conclusão? Sempre tento focar meus artigos em assuntos dos quais espero que os leitores possam extrair algo. O ponto é que para obter resultados consistentes no poker(ou em qualquer coisa que se dedique), você deve estabelecer uma boa rotina e tentar manter o seu melhor jogo independentementAjuste sua atitudeender a controlar

    • ***

      Por exemplo, se você está numa mesa em que todos são extremamente agressivos, você deve simplesmente esperar as melhores oportunidades para explorá-los, sabendo que a excessiva agressividade vai lhe pagar bem quando eles tentarem usá-la contra você. Por outro lado, se a mesa é muito passiva, você pode ser quem comanda ação e se apresentar como o "dono da mesa". Todo jogador é diferente e possui um estilo que funciona melhor pra ele. Uma das minhas maiores virtudes é reconhecer situações diferentes em cada mesa e, rapidamente, me adaptar a elas para levar vantagem sobre os oponentes que estou enfrentando. Com isso em mente, gostaria de discutir algumas situações que enfrentei quando estava jogando uma etapa do Circuito WSOP, em New Orleans. Escolhi o exemplo do torneio de New Orleans porque foi algo único, com vários extremos sentados na minha mesa. Eu estava no assento nº 6, no início do torneio, e havia uma mulher no assento nº 5, à minha direita, que deveria ser um jogadora de nível intermediário. Ela tinha boas noções básicas mas um padrão que notei imediatamente foi o fato de que ela sempre apostava quando você demonstrava qualquer fraqueza, ainda que a ação antes do flop pudesse indicar que você poderia ter um monstro. Os jogadores dos assentos nºs 2, 3 e 4 tinham estilos bem parecidos; todos relativamente "tight-aggressives" e capazes de grandes jogadas ocasionalmente, mas geralmente apostavam e aumentavam por valor e abandonavam a mão quando não acertavam nada.Isso nos leva aos assentos nº 1 e 10. Tais jogadores eram bem únicos pelo fato de que constantemente realizavam apostas monstruosas no pote com mãos medíocres. Vi várias vezes apostarem 3 ou 4 vezes o valor do pote no flop com "top pair" e um "kicker" ruim. Os jogadores dos assentos nº 7, 8 e 9 eram senhores que jogavam de forma fraca e passiva. Eles pagavam muitas apostas antes do flop e, geralmente pagavam também depois do flop se tinham algo ou abandonavam a mão caso não acertassem nada. Raramente demonstravam agressividade a não ser que tivesse mãos muito fortes. Então, como adaptar o meu jogo à esta mesa? As melhores tacadas para mim seriam contra os jogadores dos assentos nº 1 e 10. As apostas absurdas no flop que praticavam significariam que se eu pudesse ver muitos flops com eles eu teria que acertar uma boa mão para garantir um pote enorme. Então, eu tentei aproveitar a oportunidade de me envolver com tais jogadores, sempre que tivesse cartas que me garantissem boas chances de acertar o flop, de forma barata. Eu não queria pagar muito para ver flops com tais jogadores mas, sabendo dos potenciais ganhos que eles representavam depois do flop, eu estava pagando com mãos com as quais eu não pagaria outros oponentes, como 6-5off e até 10-7off, pois eu sabia que eu precisava acertar apenas uma mão para dobrar minhas fichas. Contra os jogadores dos assentos nº 2, 3 e 4 eu jogava com muita cautela. Sabia que por serem "tight-aggressive" eles jogariam agressivamente boas mãos, cuidadosamente selecionadas para se envolverem jogando dessa forma. Tentei ficar longe deles desde que os jogadores dos assentos nº 1 e 10 também não estivessem envolvidos no pote. O assento nº 5 era ocupado pela jogadora contra a qual era melhor apostar quando eu errava o flop e pedir mesa quando acertasse já que ela consistentemente apostava quando sentia fraqueza. Contra os jogadores dos assentos nº 7 e 9 eu geralmente tentava roubar seus "blinds" nas vezes em que todos abandonavam até a ação chegar em mim e eu poderia poderia isolá-los. Assim, como podem ver, eu agia de várias maneiras nesta mesa. Quando eu pudesse isolar os jogadores dos lugares nº 7 e 9 eu me comportava como o "dono da mesa". Contra aqueles que o ocupavam os assentos nº 1 e 10 eu agia como um jogador fraco e passivo apenas esperando acertar algum jogo. Contra aqueles dos assentos nº 2 e 4 eu jogava de forma sólida e agressiva e geralmente evitava grandes confrontos, e jogava escondendo minha força e também blefando contra o jogador do lugar nº 5. Infelizmente, não tive grandes resultados em New Orleans, mas a situação na mesa era algo único e pensei que pudesse dividir minhas impressões e a maneira como adaptei meu jogo àquela situação. Enquanto escrevo isso estou prestes a estreiar na WSOP, e espero ver muitos de vocês em Las Vegas neste ano. É realmente uma experiência única e desejo toda a sorte do mundo a todos vocês.Adapte-se à mesa